Serviços Periciais





Você quer ser perito Criminal, porém não tem curso superior. NUNCAS SERÁS (parafraseando frase de famoso filme nacional).

Ressaltamos, mas uma vez, que Perito Criminal é uma função Pública para profissionais com curso superior, devidamente reconhecido pelo MEC. Isto está previsto em lei e não há como mudar. Perito Criminal tem que ter curso Superior.

Entretanto, nem todos sabem que existem outros profissionais da carreira Policial dedicadas exclusivamente como auxiliares da Perícia.

Eles trabalham diretamente com Peritos Oficiais, sendo imprescindíveis para o levantamento pericial em locais de crimes ou em Exames de corpo de delito.

Estas funções são também públicas sendo admitidos apenas mediante concurso, porém NÃO é exigido curso superior. A formação exigida é de Segundo Grau.

São eles:

Fotografo Policial: Profissional que acompanha o Perito Criminal em locais de Crimes sendo o responsável pela fotografação de todo os detalhes do local de Crimes. As fotos por ele produzidas acompanham os laudos periciais ilustrando-o.

Para se ingressar na carreira, além de ter formação de Segundo Grau é preciso ter noções básicas de fotografia que pode ser obtido em qualquer curso de fotografia que se tenha acesso. Não é preciso ter qualquer certificado. Basta ter o conhecimento em fotografia básica que é exigido como matéria de concurso.

Desenhista Pericial: Profissional que acompanha o Perito Criminal em locais de crimes nos quais seja necessário o desenho esquemático do local relacionando todos os objetos, evidências e vestígios relacionadas com o crime que se está investigando.

No concurso público, além de certificado do Segundo Grau, também é necessário conhecimentos básicos de desenho sem a necessidade de qualquer certificado neste ramo. Enfim, basta ter o conhecimento básico no assunto.

Papiloscopista Policial: Agente Público especializado no levantamento de impressões dígitos-papilares. Este profissional também tem função na área da papiloscopia cível. Em local de crime tem uma importante participação numa técnica milenar que é o levantamento de impressões digitais.

Também é necessário o certificado de segundo Grau. Conhecimentos prévios sobre datiloscopia não é necessário, embora deva ser checado nos Editais.

Fora Perito Criminal, existe as funções que auxiliam o Médico Legista e neste caso, lembrando tratar-se também de um Perito Oficial.

Auxiliar de Necropsia: Profissional que auxilia o Médico Legista durante a necropsia. Dizem as más línguas que é aquele que realmente trabalha. Normalmente é ele que lava o cadáver, corta, serra ossos e fecha , e claro, sob a orientação do Médico Legista. É exigido certificado de segundo grau.

Em São Paulo existe a função de Atendente de Necrotério (não saberia dizer se existe em outros Estados) que se presta a fazer o atendimento da família e o preparo final do cadáver para sepultamento. Este, exige normalmente o certificado de Primeiro Grau.

Não é exigido nem do Auxiliar de Necropsia nem Atendente de Necrotério conhecimentos prévios sobre a função.

Em todas as funções aqui citadas, os conhecimentos específicos sobre a profissão é adquirido nas Academias de Polícias corresponde no curso de formação, após ter sido admitido no Concurso Público.

2010-11-19

01:39:17







Site de Divulgação de Notícias Jurídicas e Serviços de Perícias e Investigações Científicas oferecendo Perito Assitente Técnico ou Perito Judiciário, baseados na lei 11.690 para Exames e Acompanhamentos em Processos Criminais Cíveis e Trabalhistas em casos de Perícias de Crimes de Informática, Grafotécnica, Documentoscopia, acidente de trânsito, Som, Comparação de Voz,Audio e Vídeo, Pirataria, Contrafação de Marcas e Patentes, etc

0